BOLO DE BANANA, AVEIA, UVA PASSA, CASTANHA E AÇÚCAR MASCAVO

Se você olha para a fruteira e percebe aquelas bananas muito maduras, que tem certeza que não vai comer, mas tem pena de descartar, está na hora de fazer este bolo delicioso. A aveia traz uma leveza e textura especiais, ao passo que o açúcar mascavo, as castanhas e a uva passa adicionam profundidade a cada fatia doce e úmida. Eu sou doida por banana, e este bolo, além de funcional, é ótimo para aproveitamento de ingrediente e o lanche perfeito para tomar com uma xícara de chá no café da manhã, um lanche ao longo do dia ou como uma sobremesa saborosa com um toque especial!  E, se você não está consumindo açúcar por qualquer razão, basta excluir e terá apenas um sabor mais suave e uma coloração mais clara, mas igualmente atrativa. Para conhecer a versão light, acesse aqui. Vamos lá.  

INGREDIENTES

  • 4 bananas-prata ou nanicas (caturra no Sul do país), bem maduras
  • 1/2 xícara (chá) de uvas-passas ou 70 gramas
  • 3 ovos
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 2 xícaras (chá) de aveia em flocos ou caixa de 170 gramas
  • 2 colheres (sopa) de fermento
  • 1 xícara (chá) açúcar mascavo
  • 1 xícara (chá) de castanhas do Pará picadas ou 100 gramas

PREPARO

1. Unte uma forma pequena, polvilhe com farinha e reserve. Eu preferi uma forma que faz quatro mini-bolos.

2. Corte as bananas em rodelas e bata no liquidificador, com metade das passas, os ovos e o óleo. Colocar,  no liquidificador, primeiro os ovos, o óleo e, depois, as bananas e o açúcar mascavo. Se os ingredientes sólidos forem primeiro, terá  dificuldade  em bater.



3.  Em uma tigela, junte a aveia, a outra metade das uvas-passas, as castanhas picadas e o fermento.

4. Adicione a mistura cremosa dos ingredientes batidos no liquidificador aos ingredientes secos. Misture bem até formar uma massa homogênea.

5. Leve para assar em forno preaquecido a 180ºC durante 20 minutos ou até dourar. Deixe esfriar por alguns minutos e desenforme. Atenção : não tente tirá-lo ainda quente, pois vai quebrar. 

Com uma sobra de massa, fiz pequenos cupcakes. Use a imaginação !

Dicas 

a ) Como já comentei aqui, há a alternativa de fazer vários bolinhos e, depois de frios, embalar individualmente e congelar. Quando o primeiro estiver acabando, basta tirar o segundo do freezer;  b ) Armazene em temperatura ambiente em um recipiente fechado ou saco por 2-3 dias; c ) Se quiser que dure um pouco mais, basta colocá-lo na geladeira e ele vai durar cerca de uma semana. No freezer, preservam a textura e sabor por até três meses;   d ) Como cada forno tem um jeito, além do dourado da superfície, sempre vale fazer o teste do palito ou de uma faca fina. Espete o bolo e se sair limpo, está pronto.  



 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado, crítica ou dúvida, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Tia Sô

authorOlá, meu nome é Solange Grignolli. Nasci no Paraná (com muito orgulho) e, não posso negar, sou do século passado. Adoro o Sul do país e as coisas simples da vida. Sou sincera, honesta e leal. Adoro meu marido, meu filho, meus amigos e minhas cachorrinhas. Sou o que sou, sem frescuras, e gosto muito de pessoas assim também.
Seguir