ARROZ À GREGA


Depois de um bom tempo afastada, somente consegui voltar ao blog com a chegada de minhas férias. E, como estas são sinônimo de viagem à Santa Catarina, nada melhor do que retornar com mais uma receita de minha amiga e vizinha Maria José Lima Rosa, a Zezé, que já foi apresentada na receita especial de empadão de frango. Desta vez, a dica é o tradicional arroz à grega, que em dias de muita pressa serve como prato único, mas que pode muito bem ser um coringa na cozinha, acompanhando uma carne assada, bifes temperados na manteiga de ervas (minha opção) ou como aposta certeira nas festas de final de ano. Com a vantagem adicional que você pode servir duas, quatro ou até vinte pessoas com apenas um pouco mais de ingredientes e não muito tempo na cozinha.

Maria José Lima Rosa, a Zezé
Apesar de todas as vantagens, é um prato que nunca fiz e do qual tinha uma imagem antiguada, fruto da lembrança de velhos restaurantes de minha infância. Mas a Zezé não só me apresentou esta joia de praticidade, como me ofereceu quase que uma nova paixão, pois em tudo combinou com meu gosto pelos pratos agridoces, especialmente com ingredientes como passas e damasco.
 
E, sendo perfeito para incrementar a refeição naquelas comemorações especiais ou só para impressionar as visitas, além de tudo é simples de fazer. Veja.

INGREDIENTES


  • 3 cenouras médias
  • 1 pimentão amarelo (pequeno)
  • 1 pimentão vermelho (pequeno)
  • 1 pimentão verde (pequeno)
  • 3 xícaras de arroz (cerca de 560 gramas)
  • 1 xícara de passas brancas
  • 1 xícara de passas pretas
  • 100 gramas de margarina com sal
PREPARO

Coloque a cenoura num saquinho plástico, faça alguns furos com a faca e leve ao microondas por 5 a 7 minutos, na potência máxima. A cenoura deve ficar "ao dente". Portanto, como os equipamentos diferem muito, coloque primeiro apenas 5 minutos e complete se for necessário (não esqueça de retirar tão logo esteja pronto, pois no microondas o cozimento prossegue mesmo após desligado).


Pique os pimentões em tiras e, em seguida, em pedaços pequenos. Faça o mesmo com as cenouras e reserve.


Cozinhe o arroz normalmente. A Zezé tem um jeito peculiar de fazer: ela coloca todo o arroz numa panela, com duas xícaras de água fria e, quando  levanta fervura, completa com o restante da água (mais 4 xícaras) e uma colher de sopa de sal. É um jeito muito prático e que, por não usar cebola ou alho, privilegia os sabores dos demais ingredientes. 


Numa panela grande, coloque 100 gramas de margarina com sal e, assim que começar a derreter, acrescente as passas para hidratar. Mexa bem e coloque os pimentões. Tampe a panela e deixe assim por alguns minutos. Após acrescente a cenoura, solte o arroz ainda molhado e coloque todo na panela. Misture tudo e abafe com a tampa. Espero pelo menos trinta minutos antes de servir. Isto ajuda a misturar os sabores, enquanto o aroma do prato se espelha por toda a casa.  


Dicas :

 
1. Se sobrar, coloque na geladeira e aqueça no microondas. Você terá uma refeição rápida e saborosa a qualquer momento. 
2. Algumas pessoas acrescentam ervilhas e azeitonas picadas. Não recomendo, mas gosto não se discute. 
3.  Se desejar, acrescente o arroz pronto e frio. Embale, etiquete e leve ao freezer por até 3 meses. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado, crítica ou dúvida, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Tia Sô

authorOlá, meu nome é Solange Grignolli. Nasci no Paraná (com muito orgulho) e, não posso negar, sou do século passado. Adoro o Sul do país e as coisas simples da vida. Sou sincera, honesta e leal. Adoro meu marido, meu filho, meus amigos e minhas cachorrinhas. Sou o que sou, sem frescuras, e gosto muito de pessoas assim também.
Seguir



Minhas Coisinhas