SONHO COM CREME DE BAUNILHA E RUM

A receita de hoje foi feita de encomenda. É que meu marido adora sonho de creme, um doce tradicional, mas que ultimamente vem sendo feito e vendido por algumas padarias de maneira completamente diferente do original. Algumas passaram a assar a massa e, pior, a substituir o creme  por um preparado pronto, com cor amarelo vivo e nenhum sabor. Para preservar a tradição, os sonhos que apresento são fritos e o recheio cremoso leva um toque generoso de extrato de baunilha e rum. Tais ingredientes conferem um perfume delicado e provocador. E a receita da massa tem um toque de leveza, com menos açúcar, ovos e manteiga. 

O preparo da receita é fácil e rápido, mas exige balança, pois todos os itens são pesados para garantir o resultado. Em massas delicadas como esta é importante padronizar a receita com medidas precisas para evitar surpresas ao final. Se tiver dificuldade ou não possuir balança, consulte nossa tabela de pesos e equivalências.

O sonho, conhecido como “Bola de Berlim” em Portugal, é um doce originalmente alemão. Feito com leite, açúcar, farinha e fermento, costumava ser recheado com frutas vermelhas ou bebidas alcoólicas em seu país de origem. O recheio era injetado com uma seringa grossa e só podia ser visto quando o doce era quebrado. No Brasil, a receita foi modificada. Aqui, recheamos os sonhos com creme, doce de leite, ovos, chocolate ou goiabada, de maneira parecida com a de um sanduíche. 

INGREDIENTES

Massa
  • 500g de farinha de trigo
  • 220g de agua
  • 20g de fermento
  • 7,5 g de sal
  • 75g de açucar
  • 30g de manteiga
  • 1 ovo
  • 15g de leite em pó
  • goiabada para o recheio (pode colocar cremes depois de assado)
Creme
  • 1 litro de leite
  • 1 lata de leite condensado
  • 1/2 xícara de chá de açúcar refinado
  • 6 gemas passadas pela peneira
  • 120 gramas de amido de milho
  • 2 colheres de sopa de rum
  • 1 colher de sobremesa de extrato ou essência de baunilha
PREPARO

Massa
Faça uma esponja, acrescentando numa tigela o fermento e um pouco de farinha de trigo. Deixe  descansar por 30 minutos para que o período de ação dos ingredientes se complete. 

Em seguida, peneirar os itens restantes todos juntos (farinha de trigo restante, o açúcar e o leite em pó). Misture bem,  faça um buraco no meio e coloque a "esponja de fermento" a água e o ovo. Mistura bem, sem amassar demais. O ideal é ir "boleando" a massa, ou seja, enrolando-a levemente. 

Coloque o sal e a manteiga e amasse novamente para incorporar. Atenção, nesta fase você pode achar a massa ainda um pouco grudenta, mas não acrescente mais farinha do que o indicado, pois o ponto da massa é exatamente este.  Deixe descansar por 30 minutos, até a massa dobrar de volume.

Faça com as mãos pequenas bolas com aproximadamente 50 gramas cada. Enrole bem e arrume numa assadeira untada. Deixe crescer por mais 30 minutos. 

No forno pré-aquecido a 150 graus (no fogão tradicional equivale a fogo baixo),  coloque os sonhos para assar somente 10 minutos. O objetivo é pré-assar e facilitar a fritura, diminuindo o risco de eles ficarem encharcados. Retire-os da assadeira e frite em óleo quente. 

Creme para sonho
Coloque numa panela o leite, o leite condensado, o açúcar, as gemas e o amido de milho e leve ao fogo, mexendo sempre, até formar um creme firme. Quando frio, misture o rum e a essência e empregue com saco de confeiteiro e bico pitanga.

Montagem
Seque num papel absorvente, corte ao meio e recheie com o creme de baunilha e rum. Polvilhe com açúcar de confeiteiro (ou açúcar impalpável).

Dicas: 1. Esta receita rende de 18 a 20 sonhos boleados com aproximadamente 50 gramas;  2. o segredo para todo creme que leva farinha, ou amido, para que não crie aquela nata por cima dele, é retirar do fogo e tampar com um filme PVC [plástico]. Mas o plástico deve ficar encostado no creme. E não se esqueça de esperar esfriar para acrescentar a essência ou extrato de baunilha.

 

2 comentários:

  1. Que isso! Maravilhoso, hein!? Farei sem dúvidas.
    Obrigada por compartilhar suas receitas. Estou comendo com os olhos!
    Até, tia Sô.

    Larissa

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado, crítica ou dúvida, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Tia Sô

authorOlá, meu nome é Solange Grignolli. Nasci no Paraná (com muito orgulho) e, não posso negar, sou do século passado. Adoro o Sul do país e as coisas simples da vida. Sou sincera, honesta e leal. Adoro meu marido, meu filho, meus amigos e minhas cachorrinhas. Sou o que sou, sem frescuras, e gosto muito de pessoas assim também.
Seguir



Minhas Coisinhas