MAIONESE RELÂMPAGO

Clique nas imagens para ampliar
Hoje estou aqui, infiltrado no blog Receitas da Tia Sô, para lançar uma nova seção : o homem na cozinha. E não se trata se aventura de um mero invasor. Esta seção pretende ser um roteiro seguro (tanto quanto possível) e fácil (pois se não for fácil, nenhum homem consegue fazer) de como se aventurar entre fogão e panelas.

Afinal, antes de me casar com a Tia Sô, morava sozinho  numa quitinete em São Paulo e tinha que me virar, seja com minha especialidade (macarrão) -- mais fácil impossível --, ou pelo menos me arriscando a grelhar algum bife. Com o tempo, acabei tomando gosto por alguma experiência culinária. Mas casando
com uma cozinheira do porte da dona desse blog acabei ficando acanhado, até que, ajudando-a nas postagens percebi que tinha dúvidas (idiotas, segundo ela), mas que tenho certeza seriam iguais as de centenas, milhares ou milhões de homens.

Portanto, devido a minha insistência (por quase vinte semanas), a Tia Sô aceitou "baixar o nível" do blog e publicar as aventuras do homem na cozinha.

Para começar, um acompanhamento que vai bem com algumas massas e que é perfeito com arroz e feijão: a salada de maionese.

Quando morei sozinho, fazia uma variação esquálida, com uma lata de seleta e duas colheres de maionese. Mas com o tempo aprendi esta nova receita, que, convenhamos, qualquer idiota conseguirá fazer.


INGREDIENTES :
  • 1 pacote de seleta congelada (batata, ervilha e cenoura), com 500 gramas
  • 1 pimentão vermelho (pequeno)
  • 1pimentão amarelho (pequeno)
  • 1 lata de ervilha
  • 1 colher de chá de mostarda
  • 1/2 cebola picada (se quiser)
  • 1 vidro de palmito (cortado em rodelas)
  • 1 maça verde picada 
  • sal a gosto
  • pimenta a gosto
  • maionese

MODO DE FAZER :

Descongele a seleta no microondas, lembre de tirar do freezer horas antes do almoço ou  coloque água quente dentro do saquinho, espere trinta segundos e escorra . Prefira esta seleta à enlatada, pois o sabor é o natural (sem conservante)  e os pedaços  maiores. Mas, se tiver disposição e tempo, vale cozinhar separadamente a cenoura e a batata e depois cortar em cubos. 


Numa travessa grande, junte a seleta, o pimentão vermelho e o amarelo (picados), a ervilha (drenada, evidentemente) e, para quem gosta, a cebola. A maça verde também é opcional, pois dá um toque adocicado que não agrada a muita gente. 

Misture tudo com calma para não "destruir" os ingredientes, acrescente maionese suficiente (Hellmanns ou alguma outra de boa marca) , a mostarda, sal a gosto  e a pimenta. 

Agora, basta servir e agradecer os aplausos.

Em Tempo :  Se quiser impressionar alguém num jantar em seu apartamento, coloque a salada de maionese em barquinhas (vendidas em lojas de doces) e arrume num prato bonito. Mas cuidado para não fazer isto com muita antecedência, pois as benditas barcas amolecem e podem virar uma meleca nojenta. Boa sorte!

Ass.: Marido

Um comentário:

  1. meleca nojenta foi ótima rsrsrs, receita deliciosa. Meu marido é um perigo na cozinha quando se aventura a fazer alguma carne enche de condimentos e aquele tempero completo é uma arma na mão dele aiai.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado, crítica ou dúvida, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Tia Sô

authorOlá, meu nome é Solange Grignolli. Nasci no Paraná (com muito orgulho) e, não posso negar, sou do século passado. Adoro o Sul do país e as coisas simples da vida. Sou sincera, honesta e leal. Adoro meu marido, meu filho, meus amigos e minhas cachorrinhas. Sou o que sou, sem frescuras, e gosto muito de pessoas assim também.
Seguir



Minhas Coisinhas